Bandas seminais de Paul Weller ganham mostra na Inglaterra

“Saudade não tem idade”, dizia o bordão da estação de rádio, num mundo pré-internet, antes de um hit do passado desfilar pela passarela em AM. 

E a máxima se eterniza, na medida em que novas gerações navegam suas respectivas ondas de nostalgia, graças à capacidade dos magos do marketing descobrirem novas formas de manter ardendo a chama de dedicação de fãs, antigos e novos.

Uma versão dessas ações de marketing são as exposições de memorabilia e objetos pessoais dos artistas – roupas, instrumentos, anotações – e elementos de palco, como a longeva Exhibitionism , dos Rolling Stones, e Their Mortal Remains , do Pink Floyd.

E agora The Jam e The Style Council – bandas seminais do rock inglês dos anos 1970 e 1980, capitaneadas pelo “Modfather” Paul Weller – são objeto de uma mostra que ocupará o Brighton Valley Gardens, na costa inglesa, de julho a agosto: This Is The Modern World

“Os fãs do Jam vão encontrar tudo que poderiam imaginar (na mostra)”, diz Nicky Weller, curadora da exposição e irmã de Paul. “Mas quem não é fã vai se interessar pelo aspecto histórico. E tudo isso montado pertinho de onde o Jam fez seu último show, em 1982”.