Chega em dezembro ‘McCartney III’

Sai em 11/12 McCartney III, o que ser visto como a conclusão de uma trilogia de álbuns, iniciada em 1970 e continuada em 1980, em que Paul McCartney trabalha sozinho na feitura do disco. 

Segundo o jornal The Guardian, o novo álbum foi gravado durante a quarentena, enquanto Paul se isolava em sua casa, em Sussex. Ele se gravava enquanto cantava e tocava um instrumento – digamos, piano ou violão. Depois, cuidava de registrar os demais instrumentos: o contrabaixão que era usado por Bill Black na banda de Elvis Presley, o Mellotron que os Beatles usavam nos estúdios Abbey Road, e seu famoso baixo elétrico Hoffner, em forma de violino. 

O pontapé inicial da gravação do novo disco foi dado quando Paul desencavou uma música feita em 1990 com George Martin, produtor dos Beatles: “When Winter Comes”, que acabou sendo escolhida para fechar McCartney III.

“Tinha algum material no qual vinha trabalhando ao longo dos anos”, disse McCartney, “mas às vezes não dava tempo de concluir, ficava pelo meio. Então, pensei no que já tinha. Cada dia, começava a gravar com o instrumento usado para compor aquela música. Aos pouco, ia adicionando mais camadas. E foi muito divertido.”