Loja pop-up do Queen abre em Londres

Os Rolling Stones já tiveram uma. Liam Gallagher e seu grupo Beady Eye, também. E agora é a vez do Queen ter sua loja pop-up em Carnaby Street, no coração de Londres.

Abriu ontem Queen Greatest, comércio temporário que funcionará até dezembro, vendendo de camisetas exclusivas a guitarras assinadas por Brian May, máquinas de pinball e até cubos Rubik tendo como tema a banda e sua obra musical.

O estoque de produtos à venda está distribuído por dois andares, conforme setores temáticos, por década. Os anos 1970 são expressados através de uma espécie de brechó (lembrando os tempos em que Freddie Mercury e Roger Taylor tinham uma barraquinha no Kensington Market); os anos 1980 são lembrados com sons e imagens de shows; a década seguinte é homenageada com uma loja de discos, e daí por diante. 

O material inclui também itens feitos em parceira com marcas como Champion e Wrangler. E as vendas de uma camiseta exclusiva de Freddie reverterão para o Mercury Phoenix Trust, organização beneficente criada em memória do cantor e compositor para levantar fundos e criar mobilização no combate ao HIV e à AIDS.

Além de servir como ponto de venda de produtos licenciados pelo grupo ao fabricante Bravado – o mesmo que há décadas cuida do merchandising dos Stones –, o local receberá instalações temáticas que representarão diferentes aspectos da carreira da banda, como Música, Magia e Arte & Design.

Conheça no vídeo abaixo um pouco da loja temporária.