Netflix adquire, reforma e readequa cinema histórico de Hollywood

Muito se fala sobre a o relacionamento conflituoso entre exibidores de cinema e plataformas de streaming, especialmente durante a pandemia, com salas de exibição fechadas e o aumento no público que recorre à Netflix, à Amazon e à Disney+ para encontrar opções de entretenimento audiovisual. No entanto, há iniciativas que unem os dois universos.

Um exemplo recente é a parceria da Netflix com a American Cinematheque, que administra o histórico Egyptian Theatre, cinema onde ocorreu a primeira premiere em Hollywood – a do filme Robin Hood, estrelado por Douglas Fairbanks, em 1922, ano de sua inauguração. Ele  foi adquirido pela Netflix por 14.5 milhões de dólares e será reformado, ao custo de 6 milhões de dólares adicionais.

Num esquema de “guarda compartilhada” do local, a Netflix usaria o cinema durante dias de semana para eventos especiais, exibições e premieres, enquanto a American Cinematheque manteria sua programação de filmes históricos e de arte, de sexta a domingo.

O plano é reinaugurar o Egyptian Theatre, já reformado e com um pouco mais da cara de seus primeiros ano, em 2022. Ou seja, 100 anos depois de sua abertura original.

A tempo: o Egyptian é tombado e considerado um monumento histórico-cultural, o que garante a preservação de suas características.

A dica é da What Now, Los Angeles.