Nirvana “repensado” para a pista de dança, em apoio à comunidade LGBTQIA+

O repertório do Nirvana foi reformatado para as pistas de dança pelo coletivo electro TECHROW, dos Estados Unidos. 

O resultado está no álbum Come As You Are: Nirvana Reimagined As House & Techno, cuja renda reverterá, para organizações como a GLAAD (sigla de Gay & Lesbian Alliance Against Defamation), que atua em defesa da mudança cultural pela aceitação da comunidade LGBTQIA+, e MusiCares, ligada à Associação Americana de Gravadoras.

As 27 faixas do trabalho foram produzidas por Jonathan Hay e Cain McKnight, alternado entre estilos como techno, house e electronica. O número reflete os 27 anos passados desde a morte de Kurt Cobain, aos 27 anos. 

Num release, o coletivo explica que o projeto ajuda a impulsionar a “narrativa sem remorso” de Cobain pela visibilidade LGBTQ+ e o apoio que sempre deu às vítimas de violência sexual.