Nova – e maior – escultura de Bob Dylan está exposta num vinhedo francês

Além de compor, gravar discos e excursionar sem trégua, Bob Dylan vem desenvolvendo também uma carreira paralela como escultor. E seu maior trabalho – em termos de dimensões – está exposto agora num vinhedo francês.

Chamada Rail Car, a escultura é composta de rodas, peças e escadas, formando uma espécie de vagão de trem vazado, pesa sete toneladas e foi posicionada, ao ar livre, no Château La Coste, um espaço algo parecido com Inhotim, na região de Aix-en-Provence.

Segundo Dylan, o novo trabalho representa “percepção e realidade ao mesmo tempo. Todo o ferro é recontextualizado para representar paz, serenidade e quietude. Representa as ilusões de uma jornada, em vez da contemplação da mesma”.