Nova versão de clássico de Peter Gabriel reúne músicos ao redor do planeta

“Biko”, a música que Peter Gabriel lançou em 1980, homenageando o ativista anti-Apartheid Steve Biko, morto enquanto estava sob custódia policial, em 1977 – um dos alicerces do repertório dos shows do artista –ganhou nova versão, com Peter liderando um elenco multi-cultural e multinacional de 25 músicos (espalhados por diferentes países e fusos horários) que inclui o cellista Yo-Yo Ma, a cantora Angélique Kidjo, Meshell Ndegeocello (aqui apenas tocando baixo elétrico), o Taiko Project (grupo nipo-americano de percussão), as vozes do Cape Town Ensemble, indígenas da tribo paiute (dos Estados Unidos), a gaita de fole da espanhola Cristina Pato e a voz e o violão de Sebastian Robertson, filho de Robbie (co-fundador da The Band) e força-motriz por trás do vídeo.

A renda gerada pela nova versão de “Biko” reverterá para causas como o projeto Song Around the World (cujos vídeos mostram músicos tocando “juntos” uma mesma música, embora cada um esteja num lugar diferente do mundo, exatamente como é feito aqui) e as Nações Unidas, assim como as fundações Bob Marley e Rock and Roll Hall of Fame.