Oitenta anos de Macca serão celebrados por músicos tocando em sua antiga casa

Os 80 anos de Paul McCartney serão celebrados, em 12 de junho, de forma musical e extremamente simbólica: com novos músicos compondo e tocando na mesma casa em Liverpool onde Paul morava, e onde ele John Lennon compuseram suas primeiras músicas em parceria. 

A ideia partiu do National Trust, o órgão de patrimônio nacional que hoje é dono da casa de número 20 em Forthlin Road (assim como da casa da Tia Mimi, onde Lennon foi criado), e espera-se que a “magia do lugar” passe um pouco para quem for escolhido, como disse Mike McCartney, irmão de Paul, músico e fotógrafo que registrou a gênese dos Beatles em cliques marcantes em preto e branco. 

Mike ajudará a escolher os artistas para a celebração, e guarda uma lembrança musical muito forte da casa, como explicou à BBC. Foi lá onde ganhou do pai uma bateria e um banjo e, Paul, um violão – pois, assim, como músicos, poderiam trabalhar e ficar longe da pobreza.

Os músicos serão selecionados através de concurso aberto a qualquer músico sem vínculos com gravadoras baseado no Reino Unido, com inscrições até 30 de abril. Os selecionados se apresentarão numa transmissão ao vivo, pelo YouTube, direto da antiga casa de Paul, na véspera de seu aniversário (portanto, 17 de junho) e, depois, receberão seis meses mentoria de representantes do Liverpool Institute for Performing Arts.