Oito horas de David Bowie em 1973 recuperam feitura de show para TV

Em 1973, quando estava saindo Aladdin Sane, o álbum que marcou a transição de um personagem do artista, Ziggy Stardust, para outro, aquele que dava título ao LP, David Bowie topou o convite para participar do programa de TV norte-americano Midnight Special, que organizava e exibia shows de rock com os artistas de sucesso do momento. Mas com uma condição: ele faria o show a seu modo, com absoluto controle artístico, e trazendo alguns convidados especiais. 

Bowie se cercou de sua banda-núcleo (com Mick Ronson na guitarra) e trouxe para a gravação do programa de uma hora, batizado de The 1980 Floor Show e feito no palco do Marquee, em Londres, alguns de seus protegidos – a modelo, atriz e cantora Amanda Lear (clicada para a capa de For Your Pleasure, álbum do Roxy Music, e contratada como cantora do mesmo empresário de David, a pedido do próprio), o quinteto de prog flamenco (!?!?) Carmen (que mesclava castanholas e sintetizadores), mais Marianne Faithfull (virginal, ressuscitando seu grande hit, “As Tears Go By” e, depois, vestida de freira, num dueto com David de “I’ve Got You, Babe”, clássico de Sonny and Cher) ,The Troggs (esbanjando virilidade e testosterona, enquanto quebrava tudo com seu clássico “Wild Thing”) e um grupo de dançarinos. 

Misturou música, dança moderna (em números dos quais ele também participava) e performance (seus diálogos com Amanda Lear são divertidíssimos).

Agora, todo o material gravado para o programa – oito horas, ao todo – está disponível no YouTube.

É não apenas uma mera viagem de ao passado para se apreciar ótimos momentos de um David vintage ao vivo, adorado por uma platéia formada por um pequeno punhado de sortudos membros de seu fã-clube– o que, por si só, já valeria –, mas, sobretudo, uma possibilidade de se apreciar uma fase de transformação de Bowie, em que ele se desfazia de uma casca antiga e começava a incorporar uma persona nova, no início de de sua década mais prolífica e intensa. 

A tempo: alguns dos shows do Midnight Special passavam no programa Sábado Som, apresentado por Nelson Motta na Rede Globo, em meados dos anos 1970.