Oito inéditas de Nils Frahm no Dia Mundial do Piano

Aproveitando que era o Dia Mundial do Piano, Nils Frahm, compositor e pianista alemão de música contemporânea, disponibilizou ontem, sábado, um novo álbum, Empty, com oito faixas meditativas, originalmente destinadas à trilha de um curta: solos gravados em seu estilo típico, muitas vezes registrando não só a música criada através do instrumento, mas também todos os ruídos de seus mecanismos internos, também.

“Por que o mundo precisa de um Dia do Piano?”, indaga Nils no release do disco. “Por muitas razões. Mas, sobretudo, porque não faz mal celebrar o piano e tudo que gira em torno dele: instrumentistas, compositores, as pessoas que constróem (o instrumento), carregadores, afinadores e, o mais importante, o ouvinte”.

Ouça aqui.